Férias Geladas

O Inverno chegou…e com ele as baixas temperaturas. E não são só os humanos que sofrem com o frio, os animais também. Especialmente os de pelagem curta.

Se você está de viagem marcada e é daqueles que não abrem mão do seu “ companheiro de 4 patas”, não se preocupe, pequenas alterações no abrigo, na rotina de cuidados, nos passeios e na alimentação ajudam manter a saúde e o bem-estar dos bichinhos nos dias mais gelados.

Além das recomendações básicas para viagens com pets em qualquer época do ano como, verificar o estado de saúde do animal e colocar em ordem a carteira de vacinação dele, fazer a bagagem do bichinho com todos os seus pertences essenciais e alimentação adequada (que deve ser em quantidade suficiente para a duração da viagem), obedecer às normas de segurança para o transporte do animal e confirmar se o hotel escolhido e o destino são compatíveis com a presença do seu pet, algumas dicas específicas poderão evitar que a sua viagem canina entre literalmente numa fria.

O friozinho típico da estação merece alguns cuidados especiais. Nesta época, algumas doenças aparecem com maior frequência. Dentre elas, está a traqueobronquite, mais conhecida como “tosse dos canis”. Vacinas periódicas podem prevenir o seu amigão dessa e de outras doenças.

Além das doenças respiratórias, deve-se dar uma atenção especial para os animais idosos com problemas osteoarticulares como artrose, calcificações na coluna ou hérnia de disco, que passam a sentir mais dor quando expostos a baixas temperaturas. Portanto, se o seu pet apresentar sintomas aparentes de dor, dificuldade de locomoção ou de se levantar pela manhã, agressividade e sensibilidade ao toque, o ideal é procurar um especialista para checar as possibilidades de medicação analgésica. Mas nunca medique o seu bicho sem consultar previamente um veterinário.

Usar roupinhas no seu bichinho pode ser uma opção para mantê-lo aquecido, desde que não comprometa o bem-estar e o conforto dele…..sem exageros e respeitando a sua tolerância.

Se possível, banhos devem ser evitados nos dias mais frios. E, quando necessários, mantenha a água em temperatura morna.

Prefira fazer os passeios externos nos horários mais quentes do dia.

Seguindo estas dicas e, superado o friozinho (que as vezes dá até um charme a mais), prepare-se para conviver intensamente com a natureza, desfrutar de muito espaço e do verde.

E não se esqueça do mais importante, com responsabilidade e segurança, aproveite ao máximo a sua viagem e divirta-se muito ao lado do seu melhor amigo!!
 Autor: Larissa Rios
 Fonte: http://www.turismo4patas.com.br/

Sobre o autor


“Larissa Rios, formada em Turismo pela UNIFACS (Universidade Salvador) e Mestra em Comunicação Empresarial pela UB (Universitat Barcelona), atua como Produtora de Eventos há mais de 15 anos tendo participado da organização e realização de eventos, nacionais e internacionais, como o Carnaval da cidade de Salvador (Bahia), a Semana Brasileira do INSEAD (Cingapura) e as tournées de artistas como Ivete Sangalo e Jota Quest em Portugal. Cansada da loucura e do corre-corre do mundo do Show Business, há cerca de 7 anos, Larissa decidiu unir as suas principais habilidades, por formação e por atuação – o turismo e os eventos – e resolveu assumir de vez a sua posição de amante incondicional dos animais, criando a empresa e portal TURISMO 4 PATAS – especializado em roteiros de viagens e atividades pet friendly. Complementam a sua especialização, a formação em Auxiliar Veterinário (Pet Escola, 2007) e o Curso Adestramento Inteligente (Organização Cão Cidadão - Alexandre Rossi, 2007).”








Parceiros
Ama Terra Farfalla Turismo 4 Patas Nossa Matilha